Fale Conosco
  • phone
    (83) 3236-2299
  • (83) 99122-8149
  • location_on

    Rua Aristides Madureira Barros, 94 Bancários João Pessoa – PB CEP: 58.051-580

Deixe sua Mensagem


Regimes tributários – conheça o melhor para a sua empresa!

Regimes Tributarios Conheca O Melhor Para Sua Empresa - contabilidade em João Pessoa - Paraíba | Eite Contabilidade - Regimes tributários – conheça o melhor para a sua empresa!

Descubra como escolher o regime tributário adequado pode impactar o financeiro de sua empresa!

Nenhuma empresa está livre das questões fiscais e dos regimes tributários. Afinal, são aspectos estabelecidos por Lei e existe uma rigorosa fiscalização para saber se as empresas estão cumprindo com suas obrigações. 

Para que sua empresa alcance o sucesso, é preciso se preocupar, também, com estes aspectos, afinal, de nada adianta oferecer um produto ou serviço extraordinário, se a sua empresa está com problemas fiscais. 

Pense que, para construir algo de sucesso, é como construir um prédio. O que promove o sucesso do mesmo não é apenas o resultado final e seu incrível design, mas, também, tudo que o estrutura, desde sua base e alicerce. Cuidar das questões tributárias de sua empresa é estabelecer alicerces fortes que irão viabilizar o crescimento de seu empreendimento. 

Conhecer os regimes tributários, compreender o que é cada um, quais são suas especificidades e pré-requisitos, é primordial para escolher o mais adequado para sua empresa e, assim, evitar problemas para a mesma. 

Quais são os regimes tributários?

São três os regimes tributários vigentes no Brasil, sendo eles:

  • Simples Nacional;
  • Lucro Real;
  • Lucro Presumido.

É de suma importância ter claro o funcionamento de cada um, por isso, vamos, agora, conhecê-los! 

Simples Nacional 

O Simples Nacional, como o próprio nome indica, é, dentre os regimes tributários, o mais simples. 

Este regime engloba diversos tipos e segmentos empresariais, existindo uma diferença de faturamento entre microempresas – com um faturamento anual de até R$360 mil, e as empresas de pequeno porte – com um faturamento anual de R$360 mil até o limite do Simples, que é de 4,8 milhões. 

A maior facilidade tributária que este regime proporciona é a possibilidade de pagar diversos impostos através de uma única guia, chamada DAS – Documento de Arrecadação do Simples, que abrange os seguintes impostos: 

  • Imposto sobre a Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ);
  • Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI);
  • Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL);
  • Para o Financiamento da Seguridade Social (COFINS);
  • Contribuição para o PIS/Pasep;
  • Patronal Previdenciária (CPP);
  • Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS);
  •  Serviços de Qualquer Natureza (ISS).

Ter estes impostos todos juntos facilita de forma extrema o pagamento dos mesmos, evitando que você esqueça algum deles. 

Entretanto, o limite de faturamento pode vir a ser um problema com o passar do tempo e com o crescimento da sua empresa, forçando a mudança para um dos outros dois regimes disponíveis. 

Confira Nossos ServiÇos Min 1 - contabilidade em João Pessoa - Paraíba | Eite Contabilidade

Lucro Real 

O Lucro Real, comparado ao Simples Nacional, é um regime tributário mais complexo de se compreender. Entretanto, é muito vantajoso em alguns aspectos. 

Dentro do Lucro Real, incidem os seguintes impostos: 

  • IRPJ (Imposto de Renda Pessoa Jurídica), com alíquota de 15%;
  • CSLL (Contribuição Social sobre Lucro Líquido), com alíquota que varia entre 9 a 12%. 

Ao se enquadrar no regime, é preciso recolher o PIS (Programa de Integração Social) e o COFINS (Contribuição para Financiamento da Seguridade Social) em regime não cumulativo. Ou seja, em alguns casos é possível aproveitar o crédito de compras de produtos e serviços para abater o débito.

Os impostos cobrados dentro deste regime são calculados a partir do lucro obtido pela empresa, por isso, é chamado de Lucro Real. Desta forma, é preciso realizar uma ação contábil para realizar o levantamento do lucro e assim, utilizar como base de cálculo para os impostos cobrados.

Alguns segmentos precisam, obrigatoriamente, estar enquadrados no Lucro Real, como as que lidam com dinheiro, como bancos, financiadoras de crédito, etc. 

A maior vantagem deste regime é que o valor será sobre o que você realmente fatura, evitando problemas financeiros.

Lucro Presumido 

O Lucro Presumido também trabalha com uma base referente aos lucros obtidos, entretanto, ao invés de utilizar o lucro que foi realmente alcançado no período de tempo determinado, há uma presunção de qual foi este lucro, que é utilizado para realizar os cálculos das alíquotas. Sendo que os percentuais estabelecidos variam de acordo com o segmento de atuação.

Este é um dos regimes tributários aos quais é mais necessário ter atenção, afinal, o valor estabelecido pode ser superior ao lucro que sua empresa realmente obteve, por isso, é utilizando, geralmente, por empresas que possuem um faturamento elevado. 

Optar pelo Lucro Presumido pode ser vantajoso, pelo mesmo motivo que pode ser uma desvantagem, tudo depende de seu faturamento. Afinal, se você tiver um faturamento extremamente alto, o valor que foi presumido pode ser vantajoso e inferior ao que seria dentro do Lucro Real. 

Faça um planejamento tributário! 

Agora que você compreendeu mais sobre cada um dos regimes, é preciso que você se atente à necessidade de realizar um planejamento tributário. Ele pode ser a chave para o sucesso e saúde financeira do seu negócio! 

É recomendado que o planejamento tributário seja realizado por um contador. Afinal, os profissionais contábeis possuem a expertise necessárias para compreender as especificidades de cada um dos regimes tributários e de que forma eles geram impacto em sua empresa. 

A partir deste conhecimento, é possível analisar as necessidades de sua empresa, qual dos regimes tributários é o mais adequado e de forma é possível aplicar a Elisão Fiscal dentro da sua empresa. 

A Elisão Fiscal consiste na prática de ações legais que visam a redução dos custos tributários de um negócio, o que reduz custos e, consequentemente, melhora o financeiro. 

Bem, até aqui ficou claro que a tributação impacta diretamente nas finanças, por isso, elaborar um planejamento tributário é prezar pelo cuidado com todos os aspectos financeiros do seu negócio, garantindo que tudo está sendo pago em dia, porém, sem pagamentos em demasia. Dessa forma, se torna possível reduzir e cortar custos e maximizar lucros, o que é extremamente benéfico para a sua empresa como um todo. 

O planejamento tributário, apesar de complexo e burocrático, é vital para promover melhorias internas para a sua empresa, o que irá melhorar consideravelmente os resultados da mesma.

Impacto Financeiro 

O financeiro é uma das bases para o funcionamento de uma empresa, afinal, seu objetivo é gerar lucros. É claro que, para que lucros sejam gerados, é preciso realizar investimentos e ter atenção com os detalhes que irão gerar impactos. 

O impacto financeiro gerado pelos regimes tributários é muito grande, seja de forma positiva ou negativa. 

A escolha do mais adequado é essencial para que você esteja dentro do que é exigido pela Lei sem gerar custos desnecessários no seu negócio. 

Muito empreendedores não prestam a atenção devida à esse aspecto, o que irá gerar impactos negativos no futuro que serão resultados de uma má escolha no início, na escolha do regime tributário. 

Para manter sua empresa no azul, é crucial pensar em todos os aspectos que a envolvem, e contar com profissionais que podem te auxiliar com isso. 

Conclusão 

Promover o melhor para sua empresa não é possível seguindo uma receita pronta. Não existe uma receita pronta. Todos os aspectos que envolvem sua empresa devem ser minuciosamente analisados para identificar qual dos regimes tributários melhor se aplica. 

Investir em uma contabilidade, que irá te auxiliar a levantar todas as informações necessárias sobre o seu negócio, pode ser a chave para alcançar o sucesso e tomar decisões assertivas que irão gerar impactos positivos para sua empresa. 

Além dos impactos financeiros, prezar por uma contabilidade que irá te auxiliar na escolha, é prezar por estar em dia com suas obrigações fiscais, evitando, assim, dores de cabeça futuras. 

Cuidar de um negócio não é uma tarefa fácil, e nós sabemos disso. Além dos regimes tributários, são diversas outras questões que devem ser pensadas com cuidado para garantir o funcionamento de forma legal e produtiva. 

O melhor regime tributário para sua empresa é aquele que se adequa melhor a todas as suas especificações, as quais só você e um profissional contábil podem conhecer. Por isso, invista no sucesso do seu negócio! 

Se você quer contar com o suporte de profissionais que têm a preparação e qualificação necessárias para promover o melhor para sua empresa, entre em contato conosco. Ficaremos felizes em ser seu aliado na busca por resultados extraordinários!

Summary
Regimes tributários - conheça o melhor para a sua empresa!
Article Name
Regimes tributários - conheça o melhor para a sua empresa!
Description
Nenhuma empresa está livre das questões fiscais e dos regimes tributários. Afinal, são aspectos estabelecidos por Lei e existe uma rigorosa fiscalização para saber se as empresas estão cumprindo com suas obrigações.
Author
Publisher Name
Eite
Publisher Logo

Marcadores:

Não perca mais nenhum post!

Assine nosso blog e receba novos posts frequentemente em seu email.

Comentários

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Open chat